Procon de Chapecó divulga pesquisa para as ceias de final de ano

Procon de Chapecó divulga pesquisa para as ceias de final de ano

A Coordenação Executiva do Procon de Chapecó reuniu a imprensa nesta tarde (10), na Sala de Reuniões da Prefeitura, para apresentar o resultado da pesquisa comparativa de preços dos produtos para as ceias de natal e ano novo.

Chapecó, 10/12/2014 - quarta-feira – A Coordenação Executiva do Procon de Chapecó reuniu a imprensa nesta tarde (10), na Sala de Reuniões da Prefeitura,  para apresentar o resultado da pesquisa comparativa de preços dos produtos para as ceias de natal e ano novo. A coleta de dados foi realizada no dia 08 de dezembro de 2014 em seis supermercados da cidade. 20 itens tradicionais nas ceias de final de ano foram pesquisados.

            A maior variação foi identificada no valor das frutas cristalizadas (116,14%), seguida pelo palmito (104,78%), e depois, pelo panetone de frutas (100,75%). As diferenças menos significativas estão no pêssego em caldas (15,59%), no chester (16,38%) e no figo em caldas (23,11%). “Por isso a pesquisa em diferentes estabelecimentos é tão importante para buscar minimizar o impacto no orçamento”, destacou o Coordenador Executivo do órgão, Rodrigo Folle.

            O objetivo da realização e divulgação da pesquisa é orientar o consumidor antes das compras de final de ano. “Nossa intenção é facilitar a vida do consumidor”, complementou Folle.

            É importante destacar que os preços obtidos nos estabelecimentos pesquisados indicam os menores valores, independentemente da marca. Eles são identificados por cor, tipo, peso e outras características, também alheias à marca. Os preços pesquisados são meramente informativos, podendo sofrer alterações nos supermercados.

Algumas dicas foram repassadas pela Coordenação do Procon:

  • Preste atenção nas embalagens dos produtos, pois devem conter informações claras, precisas e em língua portuguesa a respeito do fabricante, importador, composição, condições de armazenagem, prazo de validade e se apresentam algum risco ao consumidor;
  • Compare o preço dos produtos observando marca, peso, quantidade e condições de conservação da mercadoria;
  • A nota fiscal deve ser fornecida pelo vendedor/estabelecimento. Em caso de problemas com a mercadoria é necessário apresentá-la, portanto, exija sempre o documento. Ao recebê-la, cheque se os produtos estão devidamente descritos;
  • Se os produtos adquiridos apresentarem algum problema, mesmo que esses sejam importados, o consumidor tem seus direitos resguardados pelo Código de Defesa do Consumidor;
  • Os prazos para reclamar são: 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para os duráveis;
  • Tenha o hábito de fazer uma lista dos itens que precisa antes de sair para o supermercado;
  • Reserve tempo para fazer as compras para evitar adquirir produtos inúteis e novidades desnecessárias, esquecendo o essencial.

 

            Abaixo o link para baixar a tabela completa de preços referente à pesquisa dos produtos das ceias de final de ano.

http://www.chapeco.sc.gov.br/attachments/site_downloads/34/pesquisa-pdf-ceias.pdf

Créditos: texto Vanessa Hubner / divulgação PMC

Comentar esta notícia